ARAÇATUBA | 20 JULHO
| 20:51 | 15° MIN 32°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
ECONOMIA E AGRONEGÓCIO
INVESTIMENTO
Antigo Country Club Pérola será transformado em parque aquático

A antiga área do Country Club Pérola, em Birigui, fechada há quase duas décadas, vai abrigar um parque aquático. O empreendimento Clube de Pesca Massagaçú Water Park está em fase de instalação na área de 7,5 alqueires, localizada no quilômetro 513 da Rodovia Marechal Rondon (SP-300), entre Birigui e Coroados. O investimento é entre R$ 8 milhões e R$ 10 milhões, com a previsão de gerar cem empregos diretos.

A decisão de investir no espaço foi do empresário Walter Américo da Fonseca, que já possui o Clube de Pesca Massagaçú Water Park em Cajobi (SP), a 236 quilômetros de Araçatuba. Ele adquiriu a área do antigo Pérola Country, há cerca de um ano para construir o complexo turístico, que terá piscinas com brinquedos aquáticos, toboágua, rio lento, piscinas de ondas, lago para pesca esportiva, restaurante, lanchonete, quadras poliesportivas, quiosques com churrasqueiras e chalés para hospedagem.

A primeira etapa, para uso imediato, será inaugurada no próximo dia 12 de outubro, com churrasqueiras, lago para pesca esportiva, piscinas adulto e infantil, toboágua e brinquedos aquáticos, como um dinossauro gigante de 35 metros e um filhote de 13 metros. A obra está sendo realizada por uma construtora especializada em parques aquáticos.

A segunda etapa inclui um conjunto poliesportivo e chalés mobiliados dentro do clube, para locação. A estrutura do parque de Birigui será semelhante à do complexo de Cajobi.

O diferencial em relação aos outros parques aquáticos, conforme o gerente comercial do Massaguaçú, Cláudio Ademar Maciel Cuccito, é que o clube não possui a modalidade de day use nem aceita excursões, trabalhando apenas com associados. “O nosso produto é o título, que tem valor patrimonial. Se a pessoa não quiser mais, poderá vender”, explica.

Há duas categorias para se tornar um associado, segundo Cuccito. A primeira é de título remido, que custa R$ 4 mil e isenta o sócio do pagamento da taxa de manutenção mensal. No lançamento do parque, estão sendo comercializados títulos a preços promocionais, com o pagamento de nove parcelas de R$ 250,00, mas a quantidade é limitada.

A segunda modalidade é a de sócio contribuinte, cujo valor é de nove parcelas de R$ 160,00. O associado passa a pagar a taxa de manutenção dois anos após a assinatura do contrato, quando passa a pagar o equivalente a 10% do salário mínimo vigente por família.

O título dará direito ao associado de usar o Massaguaçu Water Park de Birigui e de Cajobi. Além disso, terá descontos nos 12 chalés mobiliados que o clube possui em Caraguatatuba, com capacidade para seis pessoas cada um, e nos ranchos localizados em Porto Mortinho, no pantanal mato-grossense.

VISITA

Na tarde desta quinta-feira (12), o empresário Wagner Américo da Fonseca e o gerente comercial Cláudio Cuccito estiveram no gabinete do prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), para apresentar o projeto do parque. O assessor executivo Carlos Farias participou da reunião.

Para o prefeito, o parque é mais um complexo que suprirá a carência de equipamentos de lazer para a população. Ele lembrou que, recentemente, Birigui recebeu o kartódromo internacional Speed Park, também localizado na Rodovia Marechal Rondon.

 “Este complexo turístico fará parte da base da estruturação para o credenciamento de Birigui como MIT (Município de Interesse Turístico), que está em tramitação na Assembleia Legislativa de São Paulo e que será encaminhado à equipe técnica da Secretaria de Turismo do Estado para análise”, afirmou Salmeirão.

 

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.