CIDADES
Anunciante
FUTUROS MÉDICOS
Alunos de Medicina do UniSALESIANO iniciam atividades na Santa Casa
Anunciante

Quem escolhe ser médico precisa passar por várias etapas em sua formação. Salvar vidas e viver uma rotina de desafios requer muito preparo e dedicação dos estudantes de medicina.

Todo esse processo já está sendo colocado em prática pela primeira turma de Medicina do UniSALESIANO, que além da metodologia inovadora implantada pela instituição, dá a possibilidade de os alunos conviverem e buscarem experiência dentro do ambiente hospitalar.

Na manhã desta terça-feira (12), os acadêmicos iniciaram atividades supervisionadas na Santa Casa de Araçatuba. Pelo menos 33 alunos foram recepcionados pelo reitor, padre Luigi Favero; pelo vice-reitor e pró-reitor acadêmico, André Ornellas, professores da instituição e membros da provedoria do hospital.

Em seu discurso, padre Luigi acolheu os presentes e disse estar realizando mais uma etapa importante para a instituição. “Hoje, vivemos um momento histórico e bonito. A primeira turma de Medicina do UniSALESIANO iniciando mais uma etapa de seu aprendizado no hospital da Santa Casa de Araçatuba. Estou muito feliz em ver jovens estudantes que querem fazer a diferença na vida das pessoas, buscando um maior aprendizado para salvar vidas”, enalteceu.

O vice-reitor disse estar feliz com a concretização de mais um sonho. Para ele, o contato dos alunos com o ambiente hospitalar já no segundo ano é muito importante para o desenvolvimento na profissão. “Esta é uma etapa essencial e muito importante, principalmente pela metodologia ativa aplicada no curso, onde a estratégia de aprendizado está alinhada com a prática e teoria”, diz. 

O provedor da Santa Casa, Claudionor Aguiar Teixeira, que integra o grupo hospitalar desde a década de 1970, deu as boas-vindas aos alunos e disse ser uma imensa satisfação recebê-los. “Saibam que o aprendizado é tudo e sem ele não fazemos nada. Por isso, dediquem-se aos estudos”, destacou.

CONTATO COM PACIENTES

A turma de Medicina do UniSALESIANO foi dividida em dois grupos, um com 33 e outro com 32 alunos. Durante as próximas terças-feiras do ano, esses grupos passarão a acompanhar atendimentos dentro da Santa Casa.

Os acadêmicos estarão acompanhados pelo professor e coordenador do IESC (Interação Ensino em Saúde na Comunidade), doutor Ângelo Jacomossi, e pelos docentes responsáveis pelas práticas de habilidades médicas, doutor Rafael Saad e Dra. Mariana Sato.

Segundo Jacomossi, este é o primeiro contato dos alunos com o ambiente hospitalar. É o momento de conhecerem o local, suas alas e funções, além de receberem orientações sobre as regras de trabalho profissional neste meio. “Inicialmente, os acadêmicos irão treinar a entrevista médica de pacientes”, explica.

Ainda segundo Jacomossi, os estudantes irão receber orientações sobre o comportamento ético de atendimento a pacientes, consequentemente adquirindo mais conhecimento técnico.

O coordenador do curso de Medicina, doutor Antônio Henrique Poletto, destaca que todo aluno necessita de uma grande carga horária de atividades práticas. “Hoje, eles iniciaram mais uma importante etapa da jornada de um futuro médico. Estarão em contato direto com pacientes de um complexo hospitalar que realiza em média 450 mil atendimentos”, destacou.

Para ele, a Santa Casa de Araçatuba, com sua infraestrutura de aproximadamente 400 leitos, sede de uma região de 42 municípios “tem um potencial enorme de se tornar um hospital escola de altíssimo nível, e que certamente contribuirá muito na formação dos médicos salesianos”, concluiu.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99706-6683
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.