ARAÇATUBA | 24 JUNHO
| 9:52 | 17° MIN 30°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E MAIS
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
AGENTE MATA ESPOSA E TIRA PRÓPRIA VIDA COM TIRO NA CABEÇA
Um crime em família chocou moradores do bairro Amizade, em Araçatuba, na noite desta quarta-feira (25). A costureira Geni Aparecida Santos Ferrer, de 48 anos, morreu após levar dois tiros nas costas. O autor foi o próprio marido, o agente penitenciário Gylson Alves de Sena, 41 anos. Ele também morreu ao disparar um tiro contra a própria cabeça.

O Política e Mais apurou que os dois eram casados e brigaram por volta das 19h. Gylson acabou atirando contra a esposa e em seguida tirando a própria vida. O agente penitenciário tinha uma filha.

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, Geni chegou ao hospital já em óbito. O marido também faleceu logo que a equipe médica deu início aos primeiros procedimentos de socorro.

A Polícia Civil, que pode tratar o caso como crime passional, interditou o imóvel para realização de perícia. Os dois foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Com a confirmação dos óbitos, os corpos serão encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal), para perícia.

Gylson e Geni tinham uma relação conturbada. Os dois chegaram a se separar por algumas vezes e atualmente estavam afastados um do outro.



Imagens: Silvio Romeiro/Araçatuba Acontece.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.