ARAÇATUBA | 19 DEZEMBRO
| 10:7 | 23° MIN 34°MAX |
Nublado e Pancadas de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Acidentes na Castelo Branco e Anhanguera envolvem 2 carros da Secretaria de Saúde de Araçatuba; há 8 anos, 9 morriam em van
Anunciante
Dois veículos da Prefeitura de Araçatuba, que faziam o transporte de pacientes para as cidades de Campinas e São Paulo, se envolveram em acidentes na madrugada desta quinta-feira (12). Apenas um motorista de um deles sofreu um corte na cabeça mas recebeu atendimento e passa bem.

O primeiro acidente ocorreu por volta da meia-noite, na rodovia Castelo Branco, próximo à cidade de Quadra. A bandagem do pneu de um caminhão se soltou e atingiu de frente um Renault Logan da Secretaria de Saúde que era ocupado por dois motoristas- um deles que costuma viajar como reserva - e três pacientes.



Apesar do susto, o veículo sofreu avarias no para-choque dianteiro, que se quebrou, mas conseguiu seguir viagem, permitindo que os pacientes chegassem com tranquilidade aos locais onde tinham consultas e tratamentos agendados.

CASO MAIS GRAVE

O segundo acidente ocorreu por volta das 2h30, segundo apurou o Política e Mais, na rodovia Anhanguera, já em Campinas. Um Voyage, ao acessar a via, bateu na lateral direita do veículo da Prefeitura de Araçatuba, também um Renault Logan.

O carro de Araçatuba, que também transportava três passageiros, chegou a rodar na pista e apenas um dos dois motoristas que nele viajavam sofreu um corte na cabeça devido ao impacto. Já o Voyage capotou e o condutor sofreu vários ferimentos pelo corpo.

 Ainda conforme apurou a reportagem, apesar do acidente, todos os pacientes foram levados a seus locais de atendimento médico. Um outro carro da Prefeitura, que estava em São paulo, foi até campinas para fazer o deslocamento dos araçatubenses.



No carro que se envolveu no acidente na rodovia Anhanguera, viajava uma criança, acompanhada de familiar, que tem a enfermidade mais conhecida como "ossos de vidro". Ela foi levada para um hospital da Unicamp, onde faz tratamento. O outro paciente foi para São Paulo.

HÁ OITO ANOS

Apesar de os dois acidentes registrados na madrugada desta quinta-feira, envolvendo carros da secretaria de Saúde da Prefeitura, não terem sido de grandes proporções, eles entram para uma triste estatística de ocorrências envolvendo veículos e pacientes de Araçatuba que viajavam para tratamentos e consultas em outras cidades.

O caso mais emblemático ocorreu na madrugada de 24 de setembro de 2010, quando uma Van da Prefeitura de Araçatuba bateu na traseira de uma caminhão carregado com 28 toneladas de açúcar, também na rodovia Castelo Branco, só que no município de Porangaba.



Na ocasião, nove pessoas morreram e outras seis ficaram feridas. O veículo da Prefeitura transportava oito pacientes, cinco acompanhantes e dois motoristas. Na ocasião, entre os mortes, havia uma criança de 9 anos.

O motorista da van, na ocasião, não chegou a ser responsabilizado pelo acidente. No entanto, desde então, a Prefeitura de Araçatuba sofreu uma série de condenações para indenizar parentes das vítimas que morreram no acidente ou mesmo pacientes que ficaram feridos mas que sobreviveram à tragédia.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.