ARAÇATUBA | 19 JULHO
| 14:28 | 15° MIN 32°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
25 dias se passaram, coisas acontecem e a Câmara se acovarda
A atual administração ainda não completou um mês de governo em Araçatuba e já coleciona fatos questionáveis que merecia, ao menos, um posicionamento com certa firmeza por parte da Câmara. No entanto, em recesso parlamentar - também conhecido como férias de fim/início de ano - faz com que o Legislativo se mostra meio que acovardado com fatos que tem ocorrido na cidade.

O que o araçatubense observa é que há, por parte dos nobres 15 vereadores eleitos no pleito de outubro passado, uma preocupação maior com possíveis espaços no governo - sejam eles por meio de cargos comissionados ou as famigeradas funções gratificadas quando elas voltarem a ser distribuídas - que propriamente com o que acontece na cidade. Ou melhor, na administração municipal.

Nestes primeiros 25 dias de gestão, o que se vê nas redes sociais é um festival de parlamentar postando fotos aqui e ali com o prefeito Dilador Borges (PSDB). É uma fase de nítido namoro atrelada a uma espécie de "nem aí" com o que acontece de forma que interesse ao coletivo. Ou seja, à população num todo.

A preocupação dos vereadores, neste momento, é primeiro com o "eu mesmo". Depois. Ah! Depois é depois. E um exemplo nítido dessa situação vem do atual presidente da Casa, Rivael Papinha (PSB). Com pelo menos 5 cargos de direção já garantidos no governo, ele não sai da cola de Dilador.

Tudo bem que Papinha foi eleito pela coligação do atual prefeito. No entanto, seu momento, agora, é de fiscalização. Quem viu fotos postadas pelo parlamentar nos últimos dias observa que ele esteve com Dilador em locais onde já posou para fotografias ao lado do ex-prefeito Cido Sério (PT), de quem se distanciou em meados do ano passado, de olho no "projeto" que venceria a disputa majoritária na cidade.

Papinha, assim como os demais 14 parlamentares devem dar exemplo à população. Menos bajulação e mais ação. Tem um monte de "bonde andando" e que eles estão meio que fazendo vistas grossas.

Até quem prometeu fundos e mundos antes de ser eleito, como o contador Almir Fernandes Lima (PSDB), se afundou no silêncio de maneira um tanto quanto vexatória. O povo exige ação rápida, não quer ver teatro quando as seções tiverem sendo transmitidas ao vivo pela televisão.

A impressão que se tem, é de que a Câmara está acovardada. De forma generalizada, achando tudo lindo e maravilhoso. Um lamento para uma população que espera bem mais de seus representantes. E infelizmente, se a coisa continuar do jeito que está aí, teremos um Legislativo desastroso pelos próximos anos. Daqueles que, assim como tantos outros, falarão amém ao Executivo sem ao menos fingir endurecimento. Tudo caminha para ser uma lástima.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.